28 de julho de 2021

Cordial lança cartilha com orientações para profissionais e cuidadores de idosos

Intitulada “Cuidado: Um Direito Fundamental da Pessoa Idosa”, o material está disponível também em versão digital

Por Filipe Tenório

 

Cumprindo seu papel social com a pessoa idosa e reforçando o direito ao cuidado, Cordial lança a versão impressa da cartilha “Cuidado: Um Direito Fundamental da Pessoa Idosa”. Com mais de 50 páginas, o material é um conjunto de textos destinados ao cuidador de idoso, com dicas e cuidados a serem tomados durante o desempenho da função, além de uma parte destinada ao cuidado com a saúde do próprio profissional.

Clique aqui para acessar a versão digital da cartilha, disponível para toda população. 

Elaborada pela instituição, através do presidente Dr. Cláudio Soriano, a ideia surgiu depois de um levantamento de dados sobre as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) do Estado de Alagoas, realizado pela Fundação em 2018. O objetivo foi identificar quantas Instituições estavam em funcionamento no Estado, quantos idosos estavam sendo beneficiados e quais eram as principais carências dos locais.

A cartilha será distribuída para todas as ILPIs participantes do Projeto Cuidar da Cordial e também para os autores da cartilha. Vale ressaltar que o projeto não seria possível sem a colaboração de Lauremília de Rocha, Thatiany de Moraes, Ana Cláudia de Jesus, Patrícia Faccio, Iara Lopes, Fernanda Santos e Ana Carolina Lima.

“A cartilha foi pensada com o objetivo de otimizar o trabalho desses locais e dar um suporte maior aos cuidadores, para dinamizar as atividades. A cartilha possui textos sobre esporte, lazer, socialização, prevenção, primeiros socorros, entre outros. O conteúdo feito pode somar tanto nas instituições, como também para quem tem idosos em casa, que devem buscar sempre integrá-los nas atividades do dia-a-dia”, ressaltou Dr. Cláudio Soriano.

A obra possui nove capítulos, todos escritos por especialistas, seja na área do Direito, para tratar dos direitos da pessoa idosa, seja na área da educação física, para dar orientações sobre qualidade de vida, além de profissionais da saúde em geral.

“Nossa cartilha focou em manter a qualidade de vida do profissional cuidador de idoso, para que ele possa cuidar da melhor forma possível. O índice de afastamento e de doença por motivo de trabalho nessa categoria é muito grande, então quanto mais a gente investe na saúde do trabalhador, mais ele irá retribuir para os idosos na Instituição de Longa Permanência”, afirmou Tenildo Lopes, educador físico, especialista em Gerontologia e escritor de um dos capítulos do material.

Com um total de 700 exemplares impressos, o projeto foi editado e publicado gratuitamente pela Editora da Universidade Estadual de Alagoas (EDuneal). Como contrapartida pela parceria no projeto, a Cordial fez a entrega de 70 exemplares do livro para a EDuneal.

Renildo Ribeiro, presidente da EDuneal, conta que a universidade possui um trabalho de extensão realizado com a terceira idade, e a cartilha vai ser um ótimo instrumento de orientação e instrução sobre os cuidados necessários com a pessoa idosa.

SOBRE O PROJETO CUIDAR

Com o lema “Reconhecer, respeitar e proteger a dignidade da pessoa idosa”, o projeto Cuidar tem como objetivo promover o envelhecimento ativo e saudável da pessoa idosa residentes nas 22 Instituições de Longa Permanência (ILPIs) do estado de Alagoas. As ações do Projeto Cuidar foram financiadas via termo de fomento firmado junto ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, com recursos do Fundo Nacional do Idoso.
Iniciando suas atividades em fevereiro de 2019, o projeto Cuidar teve uma equipe composta por psicóloga, assistente social, fisioterapeutas, profissionais de educação física, analista administrativo, instrutores e coordenador que, considerando o perfil dos idosos de cada instituição, planejou atividades com o objetivo de promoção dos direitos, prevenção à violência e educação para o envelhecimento saudável dos idosos, bem como ações que estimulem o resgate da autoestima, o protagonismo e o bem estar da vida diária dos idosos residentes nas ILPIs de Alagoas.
O projeto atendeu 640 idosos e, em paralelo às atividades desenvolvidas nas campanhas, também ofertou capacitação para os cuidadores de forma a instrumentalizá-los para garantir e ampliar a qualidade de vida e valorização da pessoa idosa, totalizando 131 cuidadores treinados. Complementando essa atividade o projeto promoveu uma formação para os cuidadores das ILPIs, com carga horária de 40 horas/aula, resultando no treinamento de 114 cuidadores.

28 de julho de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *