19 de março de 2021

Grupo de voluntários da Casa do Coraçãozinho promove evento online em comemoração ao Dia das Mulheres

O encontro contou com a palestra da psicóloga e voluntária Gleyce Albuquerque.

 

Texto por Tainá Luz 

 

Na terça-feira (09), o grupo de voluntários Amigos do Coraçãozinho, em parceria com o setor de Serviço Social da Casa do Coraçãozinho, promoveu um evento online para comemoração do Dia Internacional da Mulher. O encontro foi destinado ao grupo de Mães e às colaboradoras da Cordial.

Devido à pandemia da Covid-19, o evento aconteceu de forma virtual, sendo o primeiro encontro online do ano realizado para as mães de cardiopatas atendidos pela instituição. A ideia surgiu da assistente social da Cordial, Cristina Bento, e do grupo de voluntários, a fim de valorizar essas mulheres que abraçam diariamente a causa cardiopata em prol dos próprios filhos.

“As mães do grupo da Casa do Coraçãozinho vivem em uma luta diária pela saúde e boa qualidade de vida dos seus filhos com cardiopatia e acabam por esquecer do ser especial que são e dos cuidados que elas também precisam se dar. Levamos o tema do empoderamento feminino porque é um assunto que, principalmente nos dias atuais, se torna essencial para todas as mulheres”, ressaltou a assistente social.

A ação contou com uma palestra sobre “Empoderamento Feminino” promovida pela psicóloga e voluntária do grupo, Gleyce Albuquerque.

“Na data especial do Dia Internacional da Mulher, podemos comemorar de forma diferente, mostrando o poder que essas mulheres têm dentro delas. Fazer com que todas acreditem que internamente existem todas as ferramentas necessárias para que se sintam bem, elevem a autoestima e descubram novas habilidades. Uma mulher que desenvolve o empoderamento tem um pensamento diferente, ela não espera alguém aceitá-la, mas por já se conhecer, ela se respeita e está mais preparada para enfrentar a rotina”, destacou a palestrante.

O tema foi bem recebido pelas mulheres que participaram da comemoração online. Roselma Conceição, uma mãe que faz parte do grupo, registrou presença no evento, afirmando que “a palestra foi muito especial porque descobrimos a importância de cuidarmos de nós mesmas, cada dia mais. A psicóloga nos ajudou a ver a relevância de nos olharmos no espelho e dizermos: eu sou, eu posso, eu consigo! Somos mulheres independentes e fortes, não importa o que estamos passando no momento”.

 

 

Sobre o Grupo de Mães

O grupo de mães, conduzido pelo setor de Serviço Social, foi criado com o intuito de garantir o acesso ao tratamento adequado e assegurar o exercício pleno dos direitos das crianças e adolescentes, servindo de acolhimento e amparo emocional para as famílias. A assistente social também auxilia no planejamento de um projeto de vida saudável, adequando-se à necessidade e perspectiva do cuidado com a criança ou adolescente cardiopata.

Como forma de estimular a autoestima das mães e apresentar novas possibilidades de geração de renda, nos encontros do grupo, são realizadas oficinas de arte e cuidados. As reuniões contam ainda com a socialização dos saberes e das experiências entre as mães presentes, rodas de conversa e eventos comemorativos. O grupo tem por objetivo central a construção de uma rede de apoio aos pacientes da Casa do Coraçãozinho, por meio de parcerias com instituições governamentais e não governamentais.

Todas as ações promovidas para as mães de cardiopatas contam com o apoio dos voluntários da instituição, os Amigos do Coraçãozinho. O grupo arrecada cestas básicas e mantimentos, sempre se mobilizando na realização de eventos comemorativos da instituição, junto ao Serviço Social da Cordial, dando suporte e acolhimento às famílias de crianças cardiopatas atendidas pelo ambulatório.

19 de março de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *