24 de fevereiro de 2021

Com apoio da Casa do Coraçãozinho, HGE salva a vida de criança cardiopata de 8 anos

A implantação do marcapasso pediátrico por um hospital público é um feito inédito em Alagoas; profissionais recebem certificado de reconhecimento

por Kamilla Abely

Salvar os pequenos corações alagoanos: essa é a missão da Casa do Coraçãozinho que é Centro de Referência em cardiopatia congênita no Estado. Para cumpri-la, a equipe de profissionais da Casa não mede esforços e foi exatamente isso que aconteceu na implantação do primeiro marcapasso pediátrico em um hospital público de Alagoas.

Com apoio logístico da Casa do Coraçãozinho, no dia 12 de janeiro, a equipe de Hemodinâmica do Hospital Geral do Estado (HGE) realizou a implantação de um marcapasso em um menino de oito anos. O procedimento, feito de maneira emergencial, ocorreu com sucesso e permitiu a recuperação da criança cardiopata que reside no interior do Estado.

“A Casa do Coraçãozinho cumpre seu papel social e assistencial de acolhimento a toda e qualquer criança cardiopata que nasce em Alagoas. A partir dos princípios de cuidar e de acolher as famílias, a Casa se sensibilizou e auxiliou na logística do procedimento, doando os materiais necessários para a cirurgia feita com êxito no HGE”, afirmou o Diretor Executivo da Fundação Cordial, Otoni Flávio Andrada Veríssimo. 

A criança, que possui uma condição cardíaca rara desde seu nascimento, recebeu alta médica seis dias depois da intervenção, mediante encaminhamentos para acompanhamento médico e medicações. Com o feito inédito pela rede SUS, a equipe do HGE e representantes da Casa do Coraçãozinho receberam, na sexta-feira (12), uma homenagem da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) após salvar a vida do cardiopata. 

Receberam o Certificado de Reconhecimento, o coordenador médico do Serviço de Hemodinâmica, Dr. Ricardo César Cavalcanti; o diretor executivo da Fundação Cordial, Otoni Flávio Andrada Veríssimo; o cardiologista, Dr. José Wanderley Neto; e o cirurgião-cardíaco, José da Silva Leitão Neto. 

“Parabenizamos toda gestão da Secretaria de Saúde do Estado (Sesau) e do HGE, além de todos os profissionais envolvidos, técnicos, enfermeiros e médicos que atuaram nesse procedimento de sucesso, salvando a vida de mais um coraçãozinho em Alagoas”, destacou o Dr. Ricardo César Cavalcanti. 

“É preciso que a população acredite no serviço público e confie no SUS. A rede privada é um complemento. Estamos felizes em receber esta homenagem, mas estendo para todos que fazem parte dessa grande rede de afeto. Com vontade e empatia, conseguimos acolher todos que nos pedem ajuda”, declarou o cardiologista José Wanderley Neto.

Créditos Fotos: Beatriz Torres

24 de fevereiro de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *