4 de maio de 2020

UTI Virtual: telemedicina no enfrentamento ao coronavírus

O Brasil assumiu o 7º lugar em óbitos por COVID-19 ao contabilizar mais de 7 mil mortes nesse domingo (03). O país registrou mais de 100 mil pacientes infectados pela nova doença. Em Alagoas, a realidade também é preocupante com 1.441 casos confirmados e 64 mortes, sendo 6 óbitos e 70 novos casos registrados nas últimas 24h.

Diante dessa crise de saúde pública, o projeto UTI Virtual COVID-19 surge para conectar, por meio da telemedicina, uma equipe de especialistas na área de saúde à equipes que estão no combate ao vírus, auxiliando e fortalecendo a atuação da linha de frente alagoana.

A UTI Virtual possibilita a discussão dos casos, com som, imagens e visualização de exames em tempo real, acompanhamento de protocolos, segunda opinião e auxílio à decisão médica (teleorientação, telemonitoramento e teleinterconsulta). 

O cardiologista Ricardo César Cavalcanti, Diretor Geral do Hospital do Coração de Alagoas e idealizador do projeto filantrópico e gratuito, destaca a relevância do apoio da equipe de multiespecialidades de excelência e experiência que vai dar suporte ao médico intensivista sobrecarregado em decorrência do crescente número de pacientes vítimas da COVID 19. 

O projeto tem como meta o monitoramento de 4 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) que atenderão exclusivamente pacientes com COVID-19, totalizando cerca de 100 leitos; a orientação e supervisão de pelo menos 300 profissionais da saúde que atuarão nas UTIs de Alagoas, entre médicos, enfermeiros e fisioterapeutas; além do monitoramento de parâmetros da doença de aproximadamente 90% dos pacientes graves internados nas UTIs da rede SUS de Alagoas.

Para sair do papel, o projeto conta com o apoio financeiro de empresas interessadas em ajudar a sociedade no enfrentamento da pandemia. O Diretor Executivo da Cordial, Otoni Veríssimo, enfatiza essa união social como fator essencial na aplicação do projeto.

“Esse projeto tão valoroso vai ser viabilizado pela união de todos que estão engajados na luta de salvar vidas. Para que se torne possível, é muito importante a sensibilização, participação e contribuição da iniciativa privada e empresarial nesse momento de pandemia. É mais uma prestação de serviço e promoção à saúde da Cordial para com a sociedade alagoana” ressaltou Veríssimo.

Assista o vídeo e saiba mais Vídeo Projeto UTI Virtual

Confira o PROJETO UTI VIRTUAL COVID-19 ALAGOAS

  • Telemedicina

A telemedicina é o exercício da medicina mediado por tecnologias para fins de assistência, pesquisa, prevenção de doenças e lesões e promoção de saúde. Em 16 de abril de 2020, foi publicada a Lei nº 13.989, de 15 de abril de 2020, que dispõe sobre o uso da telemedicina durante a crise causada pelo coronavírus (SARS-CoV-2). A lei autoriza o uso da telemedicina durante a referida crise, seguindo padrões normativos e éticos usuais do atendimento presencial.

  • Cordial e a Telemedicina 

Um dos projetos de destaque executados pela Cordial em conjunto com o Hospital do Coração de Alagoas, que agrega tecnologia e medicina, foi o Programa LATIN (Latin America Telemedicine Infarct Network) que ganhou, em 2018, o Prêmio de Melhor Programa de Infarto do Brasil no Encontro Latino-Americano do Programa LATIN. 

O programa consistia em um protocolo de telemedicina em que os pacientes com dor torácica atendidos nas Unidades Estaduais de Pronto Atendimento (UPAs) eram submetidos aos eletrocardiogramas, que eram enviados por internet para um centro de diagnóstico especializado e, em casos de detecção de Infarto Agudo do Miocárdio com supra, indicavam o desencadeamento de transferência para Intervenção Coronária Percutânea primária. 

 

4 de maio de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *