26 de maio de 2020

UTI VIRTUAL no combate à COVID-19 em Alagoas

Iniciativa alagoana está em fase final de implantação nos hospitais

A UTI Virtual COVID-19 é um projeto que visa auxiliar equipes de profissionais da saúde nas UTIs da rede SUS alagoana. A iniciativa é uma das mais inovadoras do país no combate ao novo coronavírus e faz uso da tecnologia disponível no mercado para aplicação em sistemas de segunda opinião e apoio à decisão médica.

Leia mais: UTI Virtual: telemedicina no enfrentamento ao coronavírus

O projeto, que visa fortalecer a atuação da linha de frente contra a doença, já está em processo de implantação final e abrangerá os principais hospitais da rede SUS do estado de Alagoas, são eles: Hospital da Mulher, Hospital Metropolitano, Hospital Regional de Arapiraca, Hospital de São Miguel dos Campos (Santa Casa) e Hospital Carvalho Beltrão (Coruripe).

Na semana passada, a Central da UTI Virtual foi estruturada no Hospital do Coração, realizando o treinamento da equipe de especialistas; foi feita a instalação da unidade robô no Hospital da Mulher (HM), a primeira reunião da junta médica e o primeiro teste de contato com o HM. Já equipado, O Hospital da Mulher, iniciou toda estrutura do programa nessa segunda-feira (25) e os demais hospitais receberão os equipamentos até o final dessa semana.

A UTI Virtual COVID-19 Alagoas, proposta pela Cordial em conjunto com o Hospital do Coração de Alagoas, conta com o apoio e patrocínio de instituições como o Ministério do Trabalho e empresas como Equatorial Energia e Aloo Telecom. Por meio da teleorientação, telemonitoramento e teleinterconsulta, a UTI Virtual propiciará, a partir do Hospital do Coração, a discussão de casos, com som, imagens e visualização de exames em tempo real, além da segunda opinião e auxílio à decisão médica.

“Ofertado gratuitamente às unidades de terapia intensiva que atenderão pacientes da rede SUS, o programa visa ser um importante aliado para as equipes dessas UTIs, sobretudo àquelas formadas exclusivamente para o enfrentamento da pandemia e portanto equipes muito novas. Importante ressaltar que o projeto só foi possível graças ao apoio de membros da sociedade civil e ao patrocínio do Ministério Público do Trabalho e das empresas Equatorial Energia e Aloo Telecom. Somos gratos a todos que abraçaram essa ideia e partilharam do mesmo propósito de contribuição solidária nessa terrível pandemia”, afirmou Ricardo César Cavalcanti, Diretor-presidente do Hospital do Coração e idealizador do projeto.

A iniciativa se baseia na realidade presente da pandemia, na qual a escassez de especialistas em terapia intensiva e áreas relacionadas ao tratamento de pacientes com Covid-19 se mostrou um dos mais sérios problemas da assistência a esses pacientes. Um grupo de médicos, fisioterapeutas e enfermeiros, especialistas em medicina intensiva estarão de plantão virtual em várias UTIs ao mesmo tempo, por meio de conexão digital na qual videoconferências e trânsito de imagens diagnósticas permitirão a discussão dos casos mais difíceis.

“A pandemia do coronavírus é devastadora e exige solidariedade. O Projeto UTI Virtual COVID-19 visa, de forma filantrópica, somar esforços às ações governamentais e dos profissionais de saúde que bravamente estão na linha de frente do enfrentamento da COVID-19, contribuindo nessa luta para salvar vidas”, ressaltou Otoni Veríssimo, Diretor Executivo da Cordial.

A UTI VIRTUAL fica instalada em uma sala com recursos de telemedicina e plantão diário de profissionais de saúde, especialistas em diversas áreas. A conexão com os profissionais de saúde das UTIs da rede SUS será realizada através de internet segura e de alta qualidade.

Por Kamilla Abely

Fotos Acervo

26 de maio de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *