1 de maio de 2020

Cordial apoia a Frente Nacional de Fortalecimento às Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI)

A Frente Nacional de Fortalecimento à ILPI (FN-ILPI) é um movimento formado por voluntários, de todas as regiões e formações como especialistas, trabalhadores, gestores e pesquisadores das áreas do Envelhecimento Saudável e das Políticas Públicas Setoriais de Proteção à Pessoa Idosa.

Na sexta-feira passada (24), o movimento propôs um Relatório Técnico Consolidado que visa subsidiar a Comissão de Defesa dos Direitos do Idoso da Câmara Federal no enfrentamento emergencial da pandemia da COVID-19, com ênfase para as instituições de acolhimento de pessoas idosas.

A Cordial declara seu apoio à FN-ILPI e acredita que o documento elaborado pelo movimento coloca em foco os direitos da pessoa idosa, exposta à pandemia não somente em função de compor o grupo de risco da doença, mas sobretudo em função da ausência de uma Política Nacional de Cuidados Continuados no Brasil.

Atualmente, a Cordial executa o Projeto Cuidar Ativamente para essa parcela da população no estado de Alagoas. A instituição sem fins lucrativos passou a entender a realidade da pessoa idosa com seu pioneirismo na área por meio da realização do Projeto Cuidar que foi concluído no início de 2020. Ambos financiados pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

“Nesse momento em que vivemos a realidade da pandemia do novo coronavírus, entendemos a importância ainda maior do fortalecimento das ILPIs como forma de preservar a vida das pessoas com mais de 60 anos, tão vulneráveis a esse risco” afirmou a Coordenadora dos Projetos Cuidar e Cuidar Ativamente, Ana Cláudia de Jesus.

O Projeto Cuidar, desde o início de sua atuação em Alagoas, percebeu a relevância de incentivar a integração das ILPIs como forma de fortalecer essas instituições. Essa união tem como resultado um maior poder de articulação na  busca  da garantia de direitos da pessoa idosa como também apoio do poder público e sociedade em geral.

Essa integração, promovida tanto por meio do mapeamento de todas as instituições alagoanas quanto pela inserção de membros/dirigentes em um grupo de aplicativo de mensagens para a comunicação entre as ILPIs, estimula o fortalecimento coletivo e favorece a melhoria de condições desses espaços.

Em 2019, o Cuidar concorreu a um edital de seleção do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, sendo a única instituição do nordeste selecionada entre as cinco do país para projetos no âmbito de competência do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa. Em 2020, a Cordial foi novamente contemplada em 2020 com a iniciativa do programa Cuidar Ativamente.

A Coordenadora, representando a Cordial e toda a equipe do projeto Cuidar Ativamente, declara o apoio à Frente e suas ações. “Expressamos nosso total apoio à Frente Nacional de Fortalecimento à Instituição de Longa Permanência para Idosos por entender a importância da preservação do direito da pessoa idosa, a importância da assistência integral e do direito ao envelhecimento ativo e saudável”, afirmou Ana Cláudia.

  • Sobre o Cuidar

O Projeto Cuidar – Reconhecer, Respeitar e Proteger a dignidade da Pessoa Idosa teve o objetivo de promover o envelhecimento ativo e saudável da pessoa idosa residente nas 22 Instituições de Longa Permanência (ILPIs) do Estado de Alagoas, sendo financiado pela Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa e Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

O programa assistencial que finalizou suas atividades em fevereiro de 2020, por meio de uma equipe composta por psicóloga, assistente social, fisioterapeutas, profissionais de educação física, analista administrativo, instrutores e coordenador, planejou atividades de promoção dos direitos, prevenção à violência e educação para o envelhecimento saudável dos idosos, bem como ações que estimulem o resgate da autoestima, o protagonismo e o bem estar da vida diária dos idosos residentes nas ILPIs de Alagoas, atendendo 640 idosos.

O projeto ofertou em cada instituição uma capacitação para os cuidadores de forma a instrumentalizá-los para garantir e ampliar a qualidade de vida e valorização da pessoa idosa, totalizando 131 cuidadores treinados.

Uma formação complementar também foi oferecida para os cuidadores das ILPIs, resultando no treinamento de 114 cuidadores. Além disso, foram realizados encontros entre as pessoas idosas e seus familiares com intuito de fortalecer os vínculos entre familiares, idosos e a instituição.

  • Sobre o Cuidar Ativamente

O Projeto Cuidar Ativamente tem como objetivo implantar salas de estimulação física, sensorial e cognitiva em 10 ILPIs de Maceió, beneficiando 250 idosos institucionalizados, com programas voltados a atividade física e estimulação sensorial e cognitiva. Tendo como financiador o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos/ Fundo Nacional do Idoso.

O programa, com início em dezembro de 2019 e atualmente em andamento, teve parte de suas atividades paralisadas devido ao isolamento social e segurança das ILPIS frente ao novo coronavírus.

Texto por Kamilla Abely

1 de maio de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *